Confira 9 formas legais de ganhar dinheiro hoje!

Você consegue listar, assim sem pensar muito, 9 formas de ganhar dinheiro?
Lógico que estou falando aqui somente de formas legais e lícitas de conseguir dinheiro.

 

Antes de começarmos a listar, melhor avaliar um pouco a expressão “ganhar dinheiro”. O verbo ganhar dá um toque de sorte, o que para muitos, diminui assim tais chances de se ter alguma coisa. Então pensemos o “ganhar” de uma forma mais profissional, visando “receber” ou “conquistar” o dinheiro, ok? Confira as 9 formas de conseguir renda, mensalmente, de forma constante e segura.

 

1 – receber salário. Esta é a primeira que vem na cabeça da maioria das pessoas. Em troca de trabalho, recebe-se determinada remuneração fixa. Se pensarmos nesta forma, devemos somar também todos os benefícios que estão associados ao trabalho, tais como, férias, 13º. Salário, bônus, participação de lucros, assistência média, seguros, alimentação, entre outros.

 

2 – receber os juros ou dividendos de investimentos. São os retornos financeiros de qual investimento que se faça.

 

3 – receber comissões, por realização de trabalhos. Um vendedor autônomo, por exemplo, receberá mais ou menos dinheiro de acordo com o atingimento de suas metas de vendas.

 

4 – receber por serviços extras (bicos). Qualquer pequena atividade extra pode gerar também receitas extras.

 

5 – receber o aluguel de algum bem, um imóvel por exemplo. Se você é proprietário de um imóvel e o aluga, é esperado receber o aluguel mensal por isso.

 

Já listamos cinco formas de receber receitas. Faltam só mais quatro. Pense em formas diversas, não só aquelas que você tem ou pode vir a ter. Pense em outras pessoas – quais são as rendas que ela tem?

 

6 – Aposentadoria – para aqueles que contribuíram durante anos e agora desfrutam o recebimento fixo de uma renda mensal.

 

7 – Mesada – para muitos de nós, esta foi a primeira fonte de renda que tivemos na vida. Hoje, se você tem filhos pequenos, passou a ser uma despesa.

 

8 – Pensão – muitos vivem graças à pensões que recebem. Em contrapartida, o pagamento da pensão pode ser uma despesa fixa para muitos.

 

9 – Bolsa – que pode ser a bolsa-família, bolsa-escola, ou qualquer outra que contribui mensalmente para a renda de uma pessoa. Vale lembrar que hoje no Brasil, já é significativo o número de pessoas que dependem exclusivamente desta fonte de renda.

 

O grande ponto de um artigo como este é pensarmos juntos em quais as possibilidades existentes para conseguirmos dinheiro. Vale nos perguntarmos quantas destas rendas nós possuímos. Somente uma? Duas talvez?
Percebemos que quanto menor for o número de fontes de renda que tivermos, mais vulneráveis estaremos. Quem depende de uma única fonte, tem que ficar atento, pois se esta fonte “secar” ou “diminuir”, podem haver problemas de adimplência e isso levar a um quadro financeiro crítico.

 

 

Você está confortável com as receitas que tem hoje? Se não, vale pensar em alternativas.
Conte para nós nos comentários, qual seria a 10ª forma que você realizaria hoje para ganhar mais dinheiro?

 

 

Maurício Galhardo – Diretor FFcube
Elaborado em 23 de Abril de 2010

Como está a saúde financeira do seu negócio?

Em tempos de dificuldade financeira, os empresários tendem a voltar seus olhares para dentro do negócio para, assim, tentarem entender as causas destas dificuldades. Nestas ocasiões o acompanhamento dos Indicadores de Desempenho do negócio torna-se ainda mais imprescindível e constante. Assim, vale entender o fluxo abaixo para buscar as causas de possíveis problemas:

Infográfico elaborado por Maurício Galhardo / Praxis Business

 

A busca por melhores resultados (Lucros) normalmente passa por dois caminhos: Vender Mais (+Receitas) Gastar Menos (-Gastos). Sim, vender mais E gastar menos, pois muitos empresários tendem a fazer um ou outro, e não os dois ao mesmo tempo. É uma tarefa árdua, pois Gestores que são mais “comerciais” costumam observar os caminhos voltados ao aumento das vendas, enquanto os Gestores mais “financeiros” voltam-se à contenção dos gastos. Entender estes dois perfis e saber adotá-los simultaneamente dentro da empresa pode gerar um diferencial importante.

 

E para se aumentar Vendas podemos pensar em dois caminhos: efetuar mais transações de vendas e aumentar o ticket médio. Mais uma vez aqui, não se trata de fazer uma coisa ou outra, mas sim em pensar em ambas simultaneamente. E assim, sucessivamente, simplesmente seguindo o fluxo acima, passamos pelos Indicadores Comerciais que, se bem acompanhados, trarão mais e melhores vendas.

 

E para se diminuir gastos a lógica é mesma. O maior gasto de um comércio sempre é o custo de compra de mercadorias. Entender o CMV (Custo de Mercadoria Vendida), o mix dos produtos vendidos – e seus diversos CMVs e Mark ups, o volume de Descontos aplicados nas vendas, etc. poderá gerar, em alguns casos, diferenças de até 5 pontos percentuais no resultado. Além do montante utilizado com Mercadoria, entender e acompanhar gastos com Impostos, Gastos Ocupacionais (despesas com locação – shopping ou rua) e Equipe (salários, comissões, encargos e benefícios), poderá ser a diferença entre um bom ou mal resultado ao final do mês.

 

Em resumo, o estabelecimento, controle e acompanhamento de indicadores de desempenho propiciará o DIAGNÓSTICO de um negócio. Assim como as pessoas fazem, de tempos em tempos, um check up médico para entender sua situação de saúde, uma empresa também deve fazê-lo. A diferença é que, em vez de indicadores clínicos, numa empresa estamos tratando de indicadores Financeiros, de Pessoas e de Vendas (comerciais). E a frequência desta medicação/acompanhamento, devido às pressões do mercado/concorrência, precisará ser, em muitas situações, quase que diária. Assim como num ser humano, quanto mais cedo se descobre o problema, mais rapidamente se inicia o tratamento e maiores são as chances de sucesso (menos dor, cura, menos perdas financeiras, crescimento, etc.).

 

Definição de Diagnóstico: conhecimento (efetivo ou em confirmação) sobre algo, ao momento de seu exame. Portanto, “examinar” com recorrência e disciplina nos permitirá diagnosticar com frequência para que sempre melhores decisões sejam tomadas.

 

Mauricio Galhardo – Diretor FFcube
Elaborado em 01 de Outubro de 2016